Pedala Manaus

Respeite para ser respeitado!

É isso aí!!!!
Dia 8 de fevereiro ficará marcado como uma data de grandes expectativas envolvendo a mobilidade urbana em Manaus.

Graças ao trabalho em conjunto da Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) e Manaustrans, com a participação do Movimento Pedala Manaus, a cidade deve ganhar a primeira ciclofaixa oficial em março de 2013.

É claro que as ciclofaixas trarão benefícios imensos a cidade. Mas para que o trânsito possa fluir de maneira agradável em qualquer cidade, antes, precisamos educar as pessoas que utilizam as vias (motoristas, ciclistas e pedestres). Educação no trânsito e incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte, lazer e esporte é umas das propostas lançadas em campanhas pelo Movimento Pedala Manaus.

Com base nas campanhas movidas pelo Pedala Manaus compartilho com vocês algumas das informações importantíssimas a seguir.

Selo da campanha "Respeito ao Ciclista" do Pedala Manaus.

Muitas pessoas "ainda" possuem um certo receio de pedalar (e com razão) por medo do trânsito e/ou por achar que o Brasil não se preocupa com os ciclistas. É importante lembrar que o Código de Trânsito Brasileiro "valoriza a vida", as pessoas. O código preocupa-se com o cidadão dentro de um carro e não com o carro em sí. Preocupa-se com o ciclista em cima de sua bicicleta e, acima de tudo, com o pedestre que está vunerável ao ambiente.

Em notíca esta semana, divugou-se que 3.000 novos carros estão entrando em circulação em Manaus todos os meses. ENGARRAFAMENTO é uma palavra que a cidade já se acostumou a pronunciar. A bicicleta veio como saída para não somente desafogar as vias, mas como uma maneira sustentável de se locomover.


Os benefícios do uso da bicicleta no cotidiano de uma cidade são inumeros:

• Eficiencia no transporte.
Carros não possuem muita mobilidade no caos do trânsito. A bicicleta traféga tranquilamente em meio ao engarrafamento e, o melhor, sem estresse!

Eu mesmo posso provar que a bicicleta é um meio de transporte eficiente. Antigamente, para ir ao trabalho, eu levava 2h ou mais para chegar ao destino e mais 2h para voltar. Isso me levava no mínimo 4hs de estresse no mini-caos em Manaus. Após alguns incentivos, passei a usar bicicleta como meio de transporte e diminuí esse tempo. No começo, percorria 12km em 1h30min num dia de sol. Hoje, faço o mesmo trajeto (Cidade Nova - Adrianópolis) em 30 minutos ou menos.

É claro que você não deve pegar sua bike já nesta segunda-feira achando que vai chegar mais cedo no trabalho. Se você não tem o costume de pedalar longas distancias vai ter que começar a fazer pequenos treinos até ganhar resistência. Comecei treinando no bairro em que moro, depois fui me alargando percorrendo outros bairros. Hoje já saio da cidade pedalando - E olha que não sou esportista e sim um ciclista urbano.

Com sua magrela, você não só chega rápido ao seu destino, mas também  consegue fugir do trânsito nos horários de pico.

• Econômico
Em uma simples enquete recente do site BFBrasil, com usuários de automóveis, 29% dos internautas divulgaram que seu gasto com combustível girava em torno de 150 a 300 reais. Imagine essa economia no fim do ano? R$3600.
16% deles gastam 9 mil reais por ano em combustível. Lembrando que essa estatística não contou o custo da manutenção dos carros e muitos outros gastos frequentes.
PEDALAR NÃO CUSTA NADA! Quando excedemos um pouco no pedal, o máximo que gastamos é com uma revisão periódica (o custo gira em torno dos R$50).
Mas enfim... a economia é gritante!!!


• Não emite poluentes
Sim... sem emissão de CO2. De bicicleta você faz sua contribuição para o meio ambiente. Um carro a menos aumenta a porcentagem de um ar mais respirável na cidade. Seu pulmão e a saúde agradecem.


• Promove inclusão social.
Pedalar é um hábito compartilhado por pessoas de diferentes perfis (classes, idade, sexo, etc.).

World Bike Tour São Paulo - via blog "Visite São Paulo"

No "World Bike Tour São Paulo" o elemento da inclusão social tomou lugar de destaque, com a presença de 100 pessoas deficientes visuais e deficientes físicos, na frente de todo o pelotão.


.......................................................................................................


 • Estimula a saúde.
É comprovado que quem já se habituou a pedalar recebe benefícios como melhora do condicionamento físico, respiratório e vascular, ganho de resistência muscular, eliminação de gordura com o gasto de 600 Kcal/hora, redução do estresse e melhora na atividade aeróbica e anaeróbica.

Enfim. A magrela além de útil e divertida, ainda cuida da sua saúde.

Já se perguntou porque os ciclistas sorriem mais e tem mais disposição? É a endorfina agindo a cada pedalada!!! :D
.......................................................................................................
• Ocupa 10 vezes menos espaço que o carro
Não existe trânsito por causa da bicicleta. O trânsito é formado pelos carros.


Esta foto não é uma montagem! Esse comparativo ilustra bem "O BEM" que a bike faz as vias da cidade. A bicicleta é uma alternativa para desafogar o caos. Os países desenvolvidos já descobriram isso a décadas.

Pois bem... diante de algumas provas do benefício do uso da bicicleta, fica a pergunta: Como podemos ter uma boa convivência entre motoristas, ciclistas e pedestres? Costumo dizer que para sermos respeitados precisamos antes dar o respeito.

Aí vão algumas dicas retiradas do flyer da campanha do Pedala Manaus:

Ciclista
• Ande pela direita, na mesma mão dos carros.
• Sinalize com os braços o que vai fazer.

Quando o assunto é sinalizar, muitos tem dúvidas de como fazer isso! Zandor, ao ler um dos últimos artigos, sugeriu que fizessemos um vídeo explicativo (publicaremos em breve). Enquanto isso, elaborei um desenho explicativo simples e prático de como nos comunicarmos no trânsito.


• Seja previsível no trânsito para evitar acidentes.
• Não pedale na contra mão. É perigoso e contra-lei!
• Calçada é para pedestres (isso é lei!)
• Muito cuidado em esquinas e cruzamentos.
• Não use fone de ouvido.

Não se esqueça que segurança no trânsito não depende apenas do respeito as sinalizações, mas da conduta e atenção do próprio ciclista. Não esqueça dos equipamentos de segurança, do capacete, buzina, luzes de sinalização, pneus calibrados e freios regulados. Bike revisada é bike segura!

Para saber mais um pouco, veja postagens anteriores como:
 Vai pedalar? | 12 Dicas para um Pedal Seguro | Um Ciclista Prevenido Vale por 10


Pedestre
• Tem prioridade absoluta sobre todos os outros veículos.
• Quando encontrar um pedestre que vai atravessar a faixa, pare a bike. Espere-o atravessar. Depois siga sua viagem.
• Todo ciclista desmontado é encarado como pedestre.
• Para cruzar a faixa de pedestre, desça da bicicleta e empurre-a.




Motorista
• Compartilhe a via!
• Quando encontrar um ciclista na via, reduza a velocidade e mantenha uma distância segura ao ultrapassa-lo.
• Os ciclistas tem prioridade nos cruzamentos. Ao fazer uma conversão a direita, veja se existe um ciclista vindo. Ceda a passagem se houver.

O bom motorista dirige com atenção e respeita o menor na via.

Segurança no trânsito é um reflexo da boa conduta e atenção dos motoristas, cislistas e pedestres.

Um caso crônico também dos que utilizam as bicicletas é o fato de muitos gostarem de pedalar mas não querem "aprender a ser ciclistas". Discutir assuntos relacionados ao trânsito e a mobilidade urbana com quem entende e participa da atividade gera confiança e respeito no trânsito.
Se você só pedala, não lê e não ouve... vai ter medo de dobrar a esquina eternamente! Ou pior, poderá ser o causador de acidente.

Faça sua parte! Seja exemplo! Compartilhe informação! Ouça! leia!

E depois... BURA PEDALAR!!!!

Categoria

  • (8)
  • (10)
  • (2)
  • (7)
  • (3)
  • (2)
  • (1)
  • (2)
  • (2)
  • (6)
  • (7)
  • (8)
  • (1)
  • (4)